quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Home Again

E este livro vai finalmente voltar a casa, ao fim de muitos anos, finalmente encontramos o caminho certo

Ser Amada



 

Cheiro suave e travo amargo
doce embalar de horas vagas
café que escorre quentinho
por entre palavras usadas,
sorrisos já partilhados
noutras horas noutras mágoas
a lua assoma baixinho
vem ouvir cantar baladas.
O frio aquece as conversas
que vivem pela esplanada
o mundo passa dolente
em cada golo , suspiras
mais uma noite passada.
Companhia envolvente
na cidade acordada
assim vais ficando presente
na vida que chega atrasada
Tempo perdido não conta
a não ser como saber
esquecer que um dia sonhaste
que não podias ser amada
A rosa que foi colhida
ainda tem o seu valor
tem sonho, tem ousadia
tem na alma o seu amor
O peito canta baixinho
para espantar a dor
rosa não acabou
o teu cheiro de flor
 

 

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Vem

Vem construir felicidades
no segredo dos entendimentos
Vem com as tuas mãos
 tocar a música
 que só tu consegues retirar 
do meu corpo
Vem trocar as voltas ao vento
calar as ondas ao mar! 
Finge-te Deus 
dum destino que só a nós cabe ditar
 Saudade dói!
 A dor do silêncio, a distância
 o tormento de um corpo calado
A orquestra que espera o reinicio da sinfonia...
A sinfonia de quem domou as tempestades 

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

O que é o amor?

Eu sei que é Inverno, que é tempo de chá, pão com doce ou café quente mas a esta hora apetece-me sempre o teu gelado com sabor a morango. Sei que está frio e que estaríamos melhor à lareira a ver a madeira a estalar ao calor, mas adoro ver-te sorrir enquanto me vês devorar uma goluseima com vontade.
Dizem que o frio está na nossa cabeça, eu digo que o frio só se sente quando o vazio de não ter outras coisas para pensar nos faz lembrar dele. De não ter nada teu a que me agarrar.
A roupa para passar e arrumar, a cozinha vazia, sem ter o que cozinhar porque tu não estás para limpar os pratos e a vontade, essa vontade que teima em não se saciar, a vontade de comer o teu gelado de morango